PAIS E FILHOS

"Filhos que não aceitam os pais estão constantemente procurando compensar este deficit. Frequentemente, a busca de autocompreensão e iluminação não passa da busca de um pai ou uma mãe que ainda não foi aceito. A procura de Deus às vezes cessa ou toma rumo diferente depois de se aceitar um pai ou mãe. Muitas pessoas têm descoberto que "sua crise da meia-idade" resolveu-se logo que conseguiram tomar um dos pais até aí rejeitado." (Hellinger, B. A simetria do amor, p. 112)

Postagens mais visitadas deste blog

PSICOLOGIA SÓCIO-HISTÓRICA: SUBJETIVIDADE E MUNDO SOCIAL

DINÂMICA DE GRUPO - CONCEITOS DA TEORIA DE WILL SCHUTZ

PSICOMOTRICIDADE: PRINCIPAIS CONCEITOS