Postagens

Mostrando postagens de 2017

A SAÚDE SEXUAL

Imagem
De acordo com a Organização Mundial da Saúde: “A SEXUALIDADE é um aspecto central do ser humano durante sua vida e compreende o sexo, identidades e papéis de gênero, orientação sexual, erotismo, prazer, intimidade e reprodução. A sexualidade é vivenciada e expressa em pensamentos, fantasias, desejos, crenças, atitudes, valores, comportamentos, práticas, papéis e relações. Embora a sexualidade possa incluir todas essas dimensões, nem todas elas são sempre vivenciadas ou expressas. A sexualidade é influenciada pela interação de fatores biológicos, psicológicos, sociais, econômicos, políticos, culturais, éticos, legais, históricos, religiosos e espirituais”. (World Health Organization - WHO. Defining sexual health: report of a technical consultation on sexual health. Geneva; 2002). A SAÚDE SEXUAL é afetada por fatores biológicos, psicológicos, sociais e culturais, e estes também interferem no comportamento sexual masculino e feminino. A saúde da mulher, especificamente sua vida reprodut…

ANORGASMIA: CAUSAS E TRATRAMENTO

Imagem
Retomando o tema ANORGASMIA, já sabemos que é uma disfunção sexual caracterizada pela dificuldade ou incapacidade para chegar ao orgasmo, portanto, QUAIS SÃO OS FATORES QUE PODEM CAUSAR ESTA DISFUNÇÃO? Fatores psicológicos e orgânicos podem estar relacionados, tais como: falta de intimidade com o próprio corpo e com o corpo do parceiro, crenças religiosas, atitudes negativas e preconceitos em torno da sexualidade, mitos e tabus, falta de informação sexual, condições culturais negativas, baixa autoestima, insegurança, medo de engravidar, medo de abandono, sentimentos de culpa relacionados a atividade sexual, experiências sexuais traumáticas, uso abusivo de álcool, cigarro e outras drogas, educação sexual repressora, ansiedade, estresse, depressão, inexperiência, desinteresse, falta de concentração, falta de tempo para dedicar ao relacionamento amoroso, falta de ambiente adequado, problemas de comunicação entre o casal, obesidade, cardiopatias, problemas com a circulação sanguínea, pro…

THE SCIENCE OF ORGASM

Imagem
Para quem tiver interesse em aprofundar conhecimentos sobre o orgasmo recomendo este livro "The Science of Orgasm", dos autores Barry R. Komisaruk, Carlos Beyer-Flores e Beverly Whipple.
Os autores explicam como e por que os orgasmos acontecem, por que não conseguem acontecer, e quais eventos cerebrais e corporais são postos em prática no momento do orgasmo. O livro descreve como o cérebro produz orgasmos, como o envelhecimento afeta o orgasmo e os efeitos da medicação prescrita, drogas, hormônios, distúrbios e doenças.
Barry R. Komisaruk é professor de psicologia na Universidade Rutgers. Carlos Beyer-Flores é o chefe do Laboratório Tlaxcala no México. Beverly Whipple é professora emerita na Faculdade de Enfermagem, na Universidade Rutgers. 
Disponível em https://jhupbooks.press.jhu.edu/content/science-orgasm ou nas livrarias FNAC e CULTURA.

Boa leitura!
Dra. Mirian Valente – CRPSP 99520 psicoeduart@gmail.com https://www.instagram.com/dra_mirian_valente/

https://www.facebook…

INTIMIDADE E ORGASMO

Imagem
Além dos aspectos já citados anteriormente, que favorecem chegar ao ORGASMO, também você deve considerar:  4) O RELAXAMENTO abre caminho ao prazer. Preocupações com outras questões, ansiedade, falta de concentração durante a atividade sexual e exigência com sua performance são fatores que interferem no alcance do orgasmo. As preliminares são muito importantes, mas, o que indicará a intensidade do orgasmo é a excitação e a entrega total de suas emoções ao momento erótico. Portanto, é preciso entrega e cumplicidade; 5) A PRIVACIDADE e um ambiente agradável, aconchegante favorece muito a sua entrega: cuide para que você se sinta confortável sem interferências que prejudiquem sua concentração; 6) A INTIMIDADE e o desejo do casal podem intensificar o orgasmo. A falta de sintonia entre o casal, a preguiça, os desentendimentos, os problemas de saúde, as dificuldades financeiras, os problemas familiares ou preocupações com os filhos, podem interferir na hora do prazer sexual, e causam a perd…

COMO CHEGAR AO ORGASMO

Imagem
Já sabemos que o prazer é um comportamento aprendido durante a vida. Sendo assim, o que deve ser feito para chegar ao ORGASMO? É importante descobrir se você quer ter orgasmo e assumir a responsabilidade por sua própria sexualidade. Portanto, é necessário:  1) O AUTOCONHECIMENTO para que você compreenda o que gosta e o que não gosta e assim dar liberdade à sua vontade, respeitando seus limites; 2) O DESENVOLVIMENTO do potencial para o prazer. Até para chegar ao orgasmo é preciso prática e a masturbação auxilia você a descobrir seus pontos sensíveis para o prazer. Aprenda a lidar com seu corpo e com suas sensações, sem pressa, preocupações ou medo. Aprenda a olhar para si e a cuidar da autoestima, aceitando o seu biótipo, cicatrizes e pequenas imperfeições, sem timidez ou cobranças. Sinta-se confortável com o seu corpo; 3) A PERMISSÃO para sentir prazer. Você deve ser verdadeira consigo e aprender a movimentar seu corpo, emitir sons, liberar seus desejos, fantasias e instinto, sem pre…

VOCÊ SABIA QUE O ORGASMO É UM COMPORTAMENTO APRENDIDO?

Imagem
Para continuar nossa conversa sobre o tema ANORGASMIA, é importante falar sobre O QUE É ORGASMO, pois algumas mulheres, mesmo depois de muitos anos de atividade sexual não sabem o que é. O orgasmo é uma experiência singular que desencadeia sensações diferentes em cada mulher e acontece com ou sem penetração. É uma sensação do corpo inteiro e não apenas de determinado ponto específico, ou seja, os pontos estimulados mudam conforme a excitação. Quando ele é desencadeado, acontecem contrações que envolvem praticamente toda a genitália feminina. Há uma mistura de sensações que percorrem o clitóris, vagina, útero, pequenos lábios e grandes lábios. Pode-se dizer que o orgasmo vaginal é a extensão do orgasmo clitoriano. Portanto, chegar ao orgasmo significa ter a possibilidade de manifestar suas necessidades e sensações sexuais e emocionais mais profundas e de forma mais gratificante.VOCÊ SABIA QUE O ORGASMO É UM COMPORTAMENTO APRENDIDO? Exatamente! O prazer e o orgasmo são aprendidos duran…

PREVENÇÃO AO SUICÍDIO

Imagem
Mais de 800 mil pessoas morrem por suicídio todos os anos no mundo. Esse cenário estatístico preocupante motivou a Organização Mundial da Saúde (OMS) a colocar o tema como prioridade na agenda global de saúde pública, incentivando os países a adotarem estratégias de prevenção com abordagem multisetorial, de forma a quebrar estigmas e tabus que ainda persistem. Para debater as contribuições da Psicologia para a compreensão do tema e o seu papel no cuidado daqueles que atentam contra a própria vida e das de todos que vivenciam o luto dessas perdas inesperadas, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) vai promover, no dia 21 de setembro, às 17h, um diálogo digital transmitido ao vivo pela internet com o tema “Prevenção ao Suicídio: desafios para Psicologia e saúde pública”. Você pode participar em tempo real enviando perguntas pelo Facebook, Twitter e Youtube com hashtag #dialogosCFP ou pelo e-mail comunica@cfp.org.br.
Saiba mais: http://bit.ly/suicidiosetembro #dialogosCFP #suicídio#cfp#…

VOCÊ SABE O QUE É ANORGASMIA?

Imagem
Se você tem desejo sexual, mas tem ausência ou dificuldade para chegar ao orgasmo, mesmo depois de ser estimulada adequadamente durante a relação sexual, e se isto sempre ocorre e afeta a sua vida pessoal, você pode estar sofrendo de anorgasmia. A anorgasmia é uma disfunção sexual caracterizada pela dificuldade ou incapacidade para chegar ao orgasmo. Mesmo que este não seja seu problema, você talvez conheça alguém que já relatou esta dificuldade.  Esta disfunção é muito frequente na população feminina e pode acontecer em qualquer idade. Portanto, você não está destinada a fingir orgasmos e viver frustrada sexualmente por toda a vida.  Existem tratamentos adequados que resultam em mudanças e no alcance de uma vida sexual satisfatória. Nas próximas publicações vou falar sobre as causas desta disfunção e os tratamentos indicados. Acompanhem!

SINTA-SE SEGURA CONSIGO

Imagem
Muitas mulheres encontram satisfação em sua carreira profissional e em outras áreas de sua vida, mas, ainda apresentam dificuldades de encontrar satisfação em sua intimidade. Como mudar esta situação? Começe a olhar para si e aprecie o que vê. Abandone complexos. Liberte-se de bloqueios. Ame seu corpo como ele é, descubra a linguagem do seu corpo e cuide bem dele. Sinta-se segura de si. Aprenda a descobrir o seu próprio prazer, físico e emocional. Eleve sua autoestima! Tenha autoconfiança e valorize-se! Um novo aprendizado sobre a sexualidade feminina possibilitará uma vida sexual plena.

A BUSCA DE PRAZER

Imagem
É importante que as mulheres vençam o medo de dizer para o parceiro, o que querem realizar na intimidade à dois; que tenham liberdade para falar sobre como querem ser tocadas e beijadas, e quanto tempo desejam que demorem as carícias. Que falem sobre a mudança de uma posição passiva para mais ativa. A libertação feminina para o prazer resultará em mudanças na conduta sexual masculina. Portanto, é importante que o homem compreenda e aceite que uma mulher necessita de uma forma gradativa, ser mais estimulada. Assim, ambos podem descobrir juntos a linguagem do corpo e o prazer, o que resultará em uma construção cada vez mais profunda de intimidade do casal.

COMUNICAÇÃO

Imagem
Por vezes, as mulheres ocultam sua insatisfação sexual ou suas angústias. Para muitas mulheres, é difícil dialogar com o parceiro a respeito de sua intimidade, fantasias e desejo. Portanto, é importante que o homem compreenda sua parceira além das palavras e que aprenda a observá-la. Converse com sua parceira de forma compreensiva sobre o que percebe sem culpá-la, buscando compreendê-la e querendo partilhar o momento tão especial de diálogo. Esta atitude promove a oportunidade de maior desenvolvimento da intimidade na relação à dois.

DIA INTERNACIONAL DAS LESÕES DA COLUNA VERTEBRAL

Imagem
Um acidente ou trauma na coluna vertebral pode comprometer a motricidade, a perda de movimentos e sensações. É um problema de saúde pública e representa mais de 50 por cento das causas de incapacidade física em idade laboral. As lesões mais comuns são as que ocorrem de acidentes de trânsito e quedas. Também ocorrem por mergulhos em água, por atos de violência (incluindo tentativas de suicídio), tumores, atividades esportivas. É importante ter atenção aos principais sintomas, que dependendo da gravidade, indicam a existência de lesões na coluna vertebral: dor e rigidez no pescoço, ombros e costas e dor irradiada para outros membros, náuseas, tonturas ou dor de cabeça, formigamentos, dormência, diminuição da força nos braços ou pernas, dificuldades de concentração, entre outros. A prevenção é a melhor forma de erradicar as lesões, seja na busca de medidas de segurança no trânsito, nas atividades esportivas, nas atividades recreativas e laborais, seja na escolha de um estilo de vida mai…

TER ESPERANÇA É SER OTIMISTA

Imagem

PSICOTERAPIA

Imagem

VOCÊ SABIA?

Imagem

COMO CONVERSAR?

Imagem

QUAL O MOMENTO CERTO?

Imagem

CRIE UM AMBIENTE DE CONFIANÇA

Imagem

CONVERSA ENTRE PAIS E FILHOS SOBRE A SEXUALIDADE

Imagem

CONVERSAR SOBRE SEXO COM OS FILHOS

Imagem