Postagens

Mostrando postagens de Março, 2011

Afrodite na poesia

Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 30/março/2011 Editoria : Publicações
Na sexta (1), às 18 horas, acontece o lançamento do livro Lira, mito e erotismo – Afrodite na poesia mélica grega arcaica (Editora Unicamp, 664 p., R$ 52,00), na Livraria da Vila.
Escrito pela professora Giuliana Ragusa, da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, o livro apresenta seus estudos sobre a representação de Afrodite na lírica grega arcaica. O evento é gratuito e aberto a todos, sem necessidade de inscrição. O lançamento acontece na Rua Fradique Coutinho, 915, Pinheiros, São Paulo.
Mais informações: (11) 3824-5811

Orientação profissional e de carreira

Por Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 29/março/2011 Editoria : Publicações A obra Compêndio de Orientação Profissional e de Carreira, organizada pelos professores Lucy Leal Melo-Silva, da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) e Marcelo Afonso Ribeiro, do Instituto de Psicologia (IP) da USP, foi lançada na semana passada.
O primeiro volume (Editora Vetor, 228 p., R$ 48,00) aborda as “Perspectivas históricas e enfoques teóricos clássicos e modernos” e os “Enfoques teóricos contemporâneos e modelos de intervenção” . O livro busca compreender o papel do trabalho e das ocupações na vida das pessoas, em diferentes grupos e culturas. Enfoques teóricos explicam como e por que as pessoas tomam decisões de carreira.
Já o volume 2, (Editora Vetor, 220 p., R$ 48,00) amplia a sistematização do conhecimento, apresentando enfoques teóricos contemporâneos e modelos de avaliação da intervenção em carreira.
Mais informações: www.vetoreditora.com.br

PEDOFILIA

Na década de noventa, a exploração comercial e sexual infantil vitimou milhões de crianças e adolescentes. Do ponto de vista psicanalítico, a pedofilia representa uma perversão sexual que envolve fantasias sexuais da primeira infância abrigadas no Complexo de Édipo, período de intensa ambivalência da criança com os pais. O corpo infantil é o objeto erótico e nesse sentido a pornografia infantil eletrônica preconiza a erotização precoce nas imagens evocadas da cena sexual. O que é pedofilia? A palavra é uma combinação de origem grega, a qual paidos é criança ou infante, e philia amizade ou amor, ou seja, pedofilia significa atração sexual por crianças. Alguns indivíduos com pedofilia ameaçam a criança para evitar a revelação de seus atos. Os que vitimam crianças com frequência, desenvolvem técnicas complicadas para obterem acesso às crianças que podem incluir a obtenção da confiança da mãe, casar-se com a mulher que tenha uma criança atraente, traficar crianças com outros indivíduos com …

PROGRAMA REINTEGRA CRIANÇAS E JOVENS DE RUA À SOCIEDADE

Publicado em 24/março/2011 Editoria : Sociedade Beatriz Amendola, do USP Online beatriz.amendola@usp.br
Equipe multidisciplinar do Programa Equilíbrio, do IPq, reintegra crianças à sociedadeNa cidade de São Paulo, há mais de 1.800 crianças e adolescentes moradores de rua, segundo dados de 2007 da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Com a proposta de auxiliar os jovens nessa situação a se reintegrarem ao ambiente sócio-familiar, foi desenvolvido o Programa Equilíbrio, do Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), em atividade desde 2007. Coordenado pela professora Sandra Scivolleto, o programa atende a crianças e adolescentes encaminhados pela Vara da Infância, por abrigos ou Centros de Referência da Criança e do Adolescente (Creca). “A proposta é agilizar o processo de reintegração e fazer com que o jovem tenha autonomia para conseguir se sustentar e arrumar um lugar para morar, caso não seja possível a integração …

VIOLÊNCIA SEXUAL INFANTO-JUVENIL

Por Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 24/março/2011 Editoria : Cursos e palestras
O Laboratório de Estudos sobre o Preconceito (LaEP), do Instituto de Psicologia (IP) da USP, promove o seminário Teoria Crítica da Sociedade e Enfrentamento da Violência Sexual Infanto-Juvenil, na terça (29) e quarta-feira (30). Serão três mesas distribuídas durante os dois dias de evento. A primeira delas tratará dos fatores sociais e psicológicos que determinam a violência sexual contra menores. A segunda será sobre a importância que a teoria e a pesquisa têm para o entendimento e enfrentamento da violência sexual. Já a terceira será questões psíquicas e e jurídicas que devem nortear a intervenção para casos de violência infanto-juvenil. O evento, que será realizado no IP (Av. Prof. Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo), é gratuito, e as inscrições devem ser feitas através do email pairsp@gmail.com. Mais informações: email pairsp@gmail.com

PSICOLOGIA SOCIAL E IMAGINÁRIO

Acontece de 24 a 26 de maio, no Instituto de Psicologia (IP) da USP, o seminário Psicologia Social e Imaginário. O evento reunirá dezoito pesquisadores brasileiros e portugueses que têm se destacado no estudo do papel do imaginário na experiência tanto na esfera particular quanto nas coletividades humanas.
Os seminários são dirigidos a estudantes de graduação e pós-graduação, docentes, pesquisadores e especialistas das ciências humanas e sociais. O evento é gratuito e as vagas são limitadas. O formulário para inscrição prévia pode ser solicitado através do email rsigaki@usp.br . Confira aqui a programação. O IP fica na Av. Prof. Mello Moraes, 1.721, Cidade Universitária, São Paulo.

DEPRESSÃO

Generalidades
Depressão é uma palavra freqüentemente usada para descrever nossos sentimentos. Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são normais. A depressão, enquanto evento psiquiátrico é algo bastante diferente: é uma doença como outra qualquer que exige tratamento. Muitas pessoas pensam estar ajudando um amigo deprimido ao incentivarem ou mesmo cobrarem tentativas de reagir, distrair-se, de se divertir para superar os sentimentos negativos. Os amigos que agem dessa forma fazem mais mal do que bem, são incompreensivos e talvez até egoístas. O amigo que realmente quer ajudar procura ouvir quem se sente deprimido e no máximo aconselhar ou procurar um profissional quando percebe que o amigo deprimido não está só triste.
Uma boa comparação que podemos fazer para esclarecer as diferenças conceituais entre a depressão psiquiátrica e a depressão normal seria comparar com a diferença que há entre clima e tempo. O clima de uma r…

Queixa escolar

Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 17/março/2011 Editoria : Cursos e palestras Do USP Online
Estão abertas, até dia 15 de abril, as inscrições para o curso de aperfeiçoamento Orientação à Queixa Escolar, no Instituto de Psicologia (IP) da USP.
O objetivo do curso é contribuir para o aperfeiçoamento de psicólogos que realizam atendimentos a queixas escolares, apresentando as principais críticas aos modelos tradicionais e oferecendo alternativas de intervenção breve e focal que envolvem todos os principais participantes da produção de tais queixas (pais e escolas, além dos alunos, na maioria das vezes).
As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pessoalmente no Bloco D do IP, que fica na Av. Prof. Mello Moraes, 1721, Cidade Universitária, São Paulo, e que atende das 9 às 12 horas e das 14 às 16h30. Os documentos necessários são currículo, xerox do CRP, do diploma de psicologia e do RG. O curso será realizado de 4 de agosto a 28 de junho de 2012.


Mais informações: (11) 3091-4172, si…

Relacionamentos

Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 17/março/2011 Editoria : Cursos e palestras Do USP Online
Acontece no dia 26, das 9 às 17 horas, uma vivência em grupo no Instituto de Psiquiatria (IPq) do Hospital das Clínicas (HC) da Faculdade de Medicina (FMUSP). O encontro, que será organizado por Luiz Cuschnir, coordenador do Grupo de Gêneros do IPq, tem o objetivo de desenvolver as habilidades nas relações afetivas, a flexibilidade e as crenças no relacionamento.
As inscrições devem ser realizadas pelo telefone (11) 3069-6520 ou pelo email tania.regina@hcnet.usp.br. O IPq fica na Rua Dr. Ovídio Pires de Campos, 785, Cerqueira César, próximo ao metrô Clínicas, em São Paulo.
Mais informações: (11) 3069-6520, email tania.regina@hcnet.usp.br

Imigração Judaica – Cronologia e Origens

De 19/3/2011 a 20/3/2011
O evento inicia-se hoje e falta 1 dia para o término. Duração: 2 dias
Agência FAPESP – A Confederação Israelita do Brasil, em parceria com a Federação Israelita do Estado de São Paulo, o Arquivo Histórico Judaico Brasileiro e A Hebraica de São Paulo realizarão, nos dias 19 a 20 de março, a exposição “Imigração Judaica – Cronologia e Origens”.
A exposição, no clube A Hebraica, marca a comemoração, na capital paulista, do Dia Nacional da Imigração Judaica.
A data homenageia a contribuição da comunidade judaica na formação da cultura brasileira, especialmente nos campos artístico, político, diplomático, científico, da indústria, do comércio e das finanças.
O Brasil abrigou a primeira comunidade judaica estabelecida nas Américas. Com a expulsão dos judeus da Espanha e a conversão forçada em Portugal, pouco antes da descoberta, judeus convertidos ao catolicismo (cristãos-novos) já haviam se estabelecido na nova colônia.
Ao menos dois judeus integraram a tripulação da pri…

Atrizes e intelectuais

Estudo sobre o teatro em São Paulo de 1940 a 1968 e suas conexões com a cena intelectual, a universidade, a cidade e as questões de gênero está no livro Intérpretes da Metrópole
URL: agencia.fapesp.br/13587 Especiais
17/3/2011 Por Fábio de Castro
Agência FAPESP – Para compreender como São Paulo se tornou, entre 1940 e o fim da década de 1960, um moderno polo do teatro brasileiro, é preciso que a análise se estenda para além do universo teatral. Abordando o teatro daquele período em suas conexões com a cidade, com a universidade e a cena intelectual paulista e com as questões de gênero, a professora Heloísa Pontes, do Departamento de Antropologia da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), estudou a questão ao longo de sete anos.
O resultado é o livro Intérpretes da Metrópole: História Social e Relações de Gênero no Teatro e no Campo Intelectual, 1940-1968, que será lançado no dia 29 de março. A obra teve apoio da FAPESP na modalidade Auxílio à Pesquisa – Publicações, o que foi fundame…

Fatecs ganham autonomia universitária

18/3/2011
Agência FAPESP – O Conselho Estadual de Educação aprovou, no dia 16 de março, a autonomia universitária para as Faculdades de Tecnologia do Estado de São Paulo (Fatecs), administradas pelo Centro Paula Souza – órgão do governo paulista ligado à Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, responsável pelo ensino profissional público no estado.
Com isso, as Fatecs poderão criar e extinguir cursos e ampliar vagas, como fazem os centros universitários e as universidades.
O parecer, aprovado na reunião ordinária do conselho, concedeu também à instituição a competência de registrar diplomas – atualmente, apenas as universidades têm essa prerrogativa.
Segundo a Secretaria de Desenvolvimento, com a mudança o Centro Paula Souza ganhará agilidade nos processos relativos ao ensino superior.
A criação de um novo curso, por exemplo, que hoje é submetida ao conselho e pode levar até um ano, passa a ser decidida pela instituição. Também a ampliação de vagas pode ser determina…

Danças circulares dos povos

Por Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 18/março/2011 Editoria : Cursos e palestras Do USP Online
Estão abertas as inscrições para o curso Danças Circulares dos Povos, oferecido pelo Instituto de Psicologia (IP) da USP. O curso tem como objetivo executar as danças de diferentes povos e épocas visando o processo de grupação propício para a vivência lúdica, criativa e de consideração empática para com diferentes culturas, grupos e consigo mesmo.
O curso é aberto à comunidade USP e ao público externo. Os interessados devem fazer a inscrição no Bloco D do IP (Av. Prof Mello Morais, 1721, Cidade Universitária, São Paulo), até o dia 24 de março nos períodos das 9 às 11 horas e das 14 às 16 horas, com Odete. No ato, são recolhidos R$10,00 para a gravação de um CD com as músicas dançadas e para a elaboração da apostila. O curso acontecerá todas as segundas-feiras, entre os dias 28 de março e 4 de julho, às 19h30.
Mais informações: email tanialp@usp.br, com Tânia.

Curso amplia visão sobre trabalho de prevenção da Aids

Por Da Redação - agenusp@usp.br
Publicado em 18/março/2011 Editoria : Saúde
O Núcleo de Estudos de Prevenção em Aids (Nepaids) da USP realiza curso para profissionais de saúde que amplia as perspectivas do trabalho de prevenção da doença para além das campanhas educativas. O curso de especialização Prevenção de HIV/Aids no quadro da vulnerabilidade e dos direitos humanos tem como objetivo mostrar que considerar aspectos sociais, culturais e econômicos, entre outros, pode tornar mais eficaz o combate a epidemia. A atividade é coordenada pelos professores José Ricardo Aires, da Faculdade de Medicina (FMUSP), e Vera Paiva, do Instituto de Psicologia (IP) da USP.
Curso identifica condições que tornam as pessoas mais vulneráveis à Aids. O curso, que iniciou sua primeira turma no segundo semestre de 2010, faz parte de um projeto de extensão desenvolvido pelo Nepaids, a partir de uma parceria entre o Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP (FMUSP), o Instituto de Ps…