quinta-feira, julho 09, 2015

Á BEIRA DO RIO

"Quando nos sentamos à beira de um rio e permitimos que a correnteza se insinue em nosso espírito, percebemos a mudança na permanência e o eterno retorno - nuvens, chuva, rio, oceano e novamente, nuvens, tudo são fases de um vasto sistema". Bert Hellinger
Desenho: Á BEIRA DO RIO, aquarela de Mirian Lopes

ANALÍTICS