sábado, julho 09, 2016

ENCONTRO


Estar diante do outro, compreendendo seu desvelamento, sua maneira única de ser e se deixar conhecer. Respeitar o som e o silêncio, constituídos de uma linguagem própria. Assim, a transformação, a realidade, que se dá pela via do encontro, da aproximação e dos distanciamentos, um ritmo da vida, uma ordem, um caos, várias saídas!

Encontros são sempre oportunidades para evoluir, alcançar outros níveis de compreensão sobre o mistério da existência. O contato, um sorriso, um olhar, um aperto de mãos, um jeito de caminhar lado a lado ou em outras direções, uma lágrima, uma dor, um deixar-se flutuar!

Que riqueza da vida, intuir e sentir, a presença, a própria e a de outros seres singulares! Falaria de distintas passagens, destes encontros que mudam nossa forma de perceber do lado de dentro e do lado de fora.

Já não há como ser da mesma maneira, pois presenças transformam, se fazem no encontro, de forma expandida, no lugar de fronteiras, um estar junto no curso do rio, no ato do movimento da vida!

Reflexão: Mirian Lopes

ANALÍTICS