sábado, abril 17, 2010

GRETA GARBO - UM MITO



Frases sobre Garbo

Mario Quintana: "Dois versos para Greta Garbo"

O teu sorriso é imemorial como as Pirâmides E puro como a flor que abriu na manhã de hoje... (In: Apontamentos De História Sobrenatural)

Alastair Forbes: "A escandinava mais melancólica desde Hamlet."

Anônimo: "Greta é como a Mona Lisa - uma das grandes coisas da vida. E tão distante quanto".

Barry Paris (1948-), jornalista e biógrafo: "A Mulher do Século - que passou metade dele tentando se esconder".

Bette Davis (1908-1989), atriz: "Seu instinto, seu domínio sobre a máquina, era pura feitiçaria. Não posso analisar a interpretação dessa mulher. Sei apenas que ninguém trabalhou com tanta perfeição frente à câmera."

Cecil Beaton, fotógrafo: "Uma mulher com a inocência charmosa de uma criança".

Clarence Sinclair Bull, fotógrafo: "O rosto dela foi o de maior inspiração que já fotografei".

David Robinson (1930-), historiador de cinema: "Com Garbo, você toma menos consciência da atriz e mais da alma exposta à vida e à humanidade. A profundidade e a intensidade de sua interpretação transformavam tudo em que atuava. Ela fez dez filmes mudos em Hollywood: se a princípio não eram romancinhos açucarados, acabavam assim depois que o departamento de roteiros da Metro botava a mão... Mas Garbo emprestou-lhes um pouco de sua própria divindade".

Georg Wilhelm Pabst, cineasta: "Um rosto assim só se vê uma vez num século".

James Card, curador: "É a maior que já houve e que jamais haverá no cinema."

Kenneth Tynan (1927-1980), escritor e crítico de teatro: "Exceto fisicamente, sabemos tanto de Garbo quanto de Shakespeare".

Marlene Dietrich (1901-1992), atriz e cantora: "Invejo Garbo. O mistério é o maior charme de uma mulher. Gostaria de poder ser tão misteriosa quanto ela. Não quero que as pessoas saibam tudo sobre mim! Garbo nunca dá entrevistas. Adoraria fazer o mesmo."

Marie Dressler (1868-1934), atriz: "Garbo é solitária. Sempre foi e sempre será. Vive no âmago de uma vasta e dolorosa solidão".

Mercedes de Acosta, poetisa e roteirista: "Eu a via acima de mim, face e corpo recortados contra o céu, como fusão gloriosa de deus e deusa, radiante, elemental".

Otis Ferguson (1907-1943), crítico de cinema: "O fenômeno dramático do nosso tempo. Assistindo a ela, percebe-se que isso é maior do que as palavras; é a coisa mais absolutamente bela de uma geração".

Silvia Renate Sommerlath (1943-), rainha da Suécia: "Ela é mágica!"

Sinclair Lewis (1885-1951), escritor: "Digo que não há mistério algum, exceto uma mulher ser tão fillums por tanto tempo sem 'virar hollywoodiana'. Conheci muitos atores e atrizes no meu trabalho. Aluguei e vendi casas para uns, tive de executar hipotecas de outros. Ela é a única normal. O resto faz as melhores interpretações nos restaurantes da moda, na praia, no Hollywood Boulevard, na igreja. Garbo é a única atriz que só representa na tela".
 
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Greta_Garbo

ANALÍTICS