domingo, outubro 12, 2014

A FELICIDADE ROUBADA

A FELICIDADE ROUBADA

Mirian Lopes



O que é a felicidade? Para este questionamento encontramos possibilidades distintas em respondê-lo, mas, destacarei algumas definições que nos conduziram a uma reflexão. A felicidade é um valor precioso, considerado um estado de equilíbrio físico e psíquico, e pode ter o sentido de bem-estar espiritual ou paz interior. O Dicionário Houaiss da língua portuguesa (2004) define felicidade como: “1. qualidade ou estado de feliz, estado de uma consciência plenamente satisfeita, satisfação, contentamento, bem-estar; 2. boa fortuna, sorte; 3. bom êxito, acerto, sucesso”. Para Aristóteles a felicidade foi considerada como “a atividade de alma dirigida pela virtude”. Para Epicuro a vida feliz é impossível sem a sabedoria, honestidade e justiça. Enfim, cada ser trará sua definição sobre felicidade. Considero que a felicidade não esta baseada em possuir coisas, mas em ser o que se é e estar em paz e harmonia em seu espírito. No entanto, o materialismo parece ocupar um lugar central, quando se trata de abordar este tema, mas, está é uma discussão para outro momento. Então, o que pode roubar a felicidade? A tristeza, o medo, a raiva, a culpa, a ansiedade, a angústia, a dor, o conflito, a dúvida, as expectativas e por aí seguem as enumerações. Expectativas fazem parte de nosso comportamento, todavia se forem exacerbadas podem trazer frustrações. Podemos ficar tão exigentes conosco que não seremos capazes de vivenciar o aqui agora com leveza. Estamos preocupados em alcançar algo idealizado, que por vezes isso roubará nossa alegria. Neste sentido, é bom o equilíbrio: viver um dia de cada vez, sem aprisionar-se em suas expectativas. O medo é algo paralisante, pois pode privá-lo de oportunidades, se você não se arrisca por medo de errar ou por falta de coragem de inovar. A culpa é fatal! Já pensou não ser capaz de se perdoar por algo ou não perdoar alguém? E ficar tanto tempo carregando um pesado fardo de culpa? Isso rouba a felicidade. A dúvida impede seu posicionamento e sua capacidade de decisão. A ansiedade, nem se fala! Impede você de estar presente nas situações. Ela faz você estar sempre em aceleração sem que possa aproveitar cada instante como deve ser. Viver no passado também é uma maneira de ter a felicidade roubada, pois enquanto você foca o passado, não vive o presente, podendo comprometer seu futuro. E o que fazer para alcançar a felicidade? É preciso entrar em contato consigo, ou seja, ter autoconhecimento sobre sua dinâmica de funcionamento e como se sente. Isto pode contribuir para que você se harmonize; cultive a autoestima, ou seja, aprenda a se valorizar como pessoa e a gostar do que você faz. Observe que pessoas com problemas de autoaceitação tendem ao isolamento, tem dificuldade para superar deficiências, e dificuldade em estabelecer relacionamentos; são pessoas que se sentem inseguras, queixam-se das coisas e não sabem perder. Então, não se recuse a aprender com as experiências e lembre-se que você é aquilo que decidiu ser; concentre-se em sua prioridade e trace um mapa detalhado, visualizando constantemente seu objetivo; recuse a afundar na lama, colocando a culpa nos outros; procure a saída; saiba que a felicidade também começa pelo que você ouve, então, rejeite todas as reações e todos os comentários que podem te trazer dúvida e derrota. Cuide-se! Esteja satisfeito com a sua vida e identidade, e lembre-se que você não precisa provar ou demonstrar nada para ninguém, apenas confie e acredite em você. Assim, poderá encontrar maneiras de estar feliz!




























Mirian Lopes é palestrante, psicóloga, escritora e colunista da Revista Taboão News, da Revista Atitude e do Portal Educação.


Especialista em Sexualidade Humana pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM/USP), psicóloga e licenciada em Psicologia pela Universidade Paulista (UNIP), credenciada no Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP-SP/99520). Sua eclética experiência em administração, comunicação e educação levou Mirian Lopes ao exercício profissional como palestrante e conferencista, abordando temas como (detalhes em http://www.mirianlopes.com.br/):


Como Educar Filhos
A Felicidade Roubada
Mulher: A Videira Frutífera
Adolescência No Mundo de Hoje
Resgatando A Lua-De-Mel
Liderança Cristã
Redação: Como Escrever?
Comunicação Interna Nas Organizações
O Tempo e sua Administração





ANALÍTICS