quarta-feira, abril 04, 2012

O QUE É SER LÍDER

Ser líder não tem nada a ver com ser chefe
 
O líder consegue extrair as habilidades individuais dos elementos da sua equipe, combinando-as na busca da sinergia. A água que bebemos é fruto da sinergia entre o hidrogênio e o oxigênio.
 
No trabalho, entre amigos, em família, no seu grupo religioso… não importa. Basta que pessoas com objetivos comuns se reúnam, que sempre haverá aquela que se destaca, que pensa à frente e que acaba conduzindo o grupo nas decisões. Essa pessoa que atrai a atenção e a admiração do grupo é aquela que chamamos de líder.
 
Você lidera ou manda?
 
Liderança é uma capacidade que se conquista mais pelo respeito e pela admiração dos outros, do que por cargos nomeados ou ameaças. O verdadeiro líder é aquele em quem o grupo se espelha, e que serve como referência na hora em que cada uma dessas pessoas tem que tomar suas próprias decisões.
Para ser líder, ao contrário do que muitos pensam, é preciso um alto índice de humildade e de generosidade. São essas características que tornam fácil o trânsito do líder, fazendo-o aproximar-se de todos sempre dentro de um ambiente de confiança. Na presença do líder as pessoas se sentem à vontade, seguras.
 
O líder sabe a hora e a forma certa de repreender. Ele não humilha, nem expõe as pessoas ao ridículo, mas mostra a elas o que poderia ter sido feito melhor para o resultado que o grupo se propunha atingir.
Pode até haver líderes que ocupam uma posição de chefia no grupo. Mas nem todo chefe é um líder de verdade. Para saber se um chefe é líder, basta avaliar o comportamento do grupo na sua ausência. Se quando vira as costas as máscaras caem e o comportamento das pessoas muda, é porque ele mais manda do que lidera. É muito provável que controle sua equipe mais pelo medo do que pelo respeito. Mas, se mesmo quando o chefe sai, o ambiente de respeito permanece para quem fica, aí sim temos um líder de verdade.
 
A habilidade do líder é justamente extrair as habilidades individuais dos elementos da sua equipe, combinando-as na busca da sinergia. Explicar sinergia é fácil. Matematicamente, sinergia é quando o resultado da soma das habilidades das pessoas é muito maior do que a soma dos seus valores individuais. Uma adição que, na verdade, multiplica: um mais um não é igual a dois, mas sim a três, cinco, dez, mil.
A química também explica a sinergia no momento em que dois elementos se combinam, formando um terceiro muito maior e mais poderoso. A água que bebemos é fruto da sinergia entre o hidrogênio e o oxigênio. Sinal evidente que o líder que percebeu essa e as outras tantas combinações naturais que temos à nossa disposição, realmente sabe das coisas.
 
SER LÍDER, NA VISÃO DE PETER DRUCKER
 
Volta e meia participo de discussões sobre liderança. E sempre se chega a uma mesma encruzilhada, ´O que é ser líder?´ E aí as opiniões são as mais divergentes possíveis. Na introdução ao livro, ´Leader of Future´, o ´Papa´ da administração moderna PETER DRUCKER envereda pelo assunto, e o faz, como sempre, com incomum propriedade e total pertinência.
 
´Nas minhas andanças pelas mais importantes empresas do mundo, anotei quatro características que tipificam um verdadeiro líder:
 
1 - A única definição correta que conheço para líder é TER SEGUIDORES. Muitas pessoas são pensadores; Outras são profetas; Claro que isso é importante. Mas, sem seguidores, falem o que quiser, não existem líderes.
 
2 - O verdadeiro líder não é aquele que é amado ou admirado. É aquele que os liderados obedecem e fazem o que tem que ser feito. Popularidade não é sinônimo de liderança. Alcançar resultados, sim.
 
3 - Líderes são transparentes. Em suas caminhadas deixam exemplos.
 
4 - Liderança não são privilégios, títulos, e dinheiro. É responsabilidade.´
 
Mas o ´Papa´ da ADMINISTRAÇÃO MODERNA e do MARKETING, PETER DRUCKER, não se limita a caracterizar o líder. Fala sobre o que existe de comum em seu comportamento:
 
1 - Líderes não começam se perguntando ´O que eu quero?´, e sim, ´O que precisa ser feito?´
 
2 - Na sequência emendam uma segunda pergunta ´Como eu deveria fazer o que precisa ser feito para que se torne uma vantagem efetiva?´
 
3 -Em nenhum momento perdem de vista a missão e objetivos da organização que lideram.
 
4 - Líderes são pessoas tolerantes e capazes de conviver com pessoas de diferentes características, ou seja, não passam o tempo recrutando clones, cópias deles mesmos. Nunca se perguntam se gostam ou não gostam de uma pessoa. Concentram-se nos resultados que as pessoas são capazes de produzir. E aí sim, em relação a seus desempenhos são intolerantes.
 
5 - Líderes não têm medo de seus liderados mais fortes e de grande talento. Apenas os valorizam e estimulam. Seguem a lição de Andrew Carnegie, e colocarão em seus túmulos o seguinte epitáfio: ´Aqui jaz um homem que sempre conseguiu atrair pessoas melhor que ele para trabalhar sob seu comando.´
 
6 - Líderes têm a coragem de se submeter ao teste do espelho. Estão conscientes e tranquilos que a pessoa que veem no espelho, todas as manhãs, é exatamente a pessoa que pretendem ser, que respeitam, e que acreditam. Além de um importante teste, a ´Prova do Espelho´ é um exercício fundamental para que não caiam nas tentações que estão sujeitos todos os que lideram: a de tomar decisões que agradam e garantem aplausos, e não as decisões que precisam ser tomadas.´
FONTE:
http://www.madiamundomarketing.com.br/conteudo/secoes/Textos-Memoraveis/SER-LaIacute-DER-NA-VISaAtilde-O-DE-PETER-DRUCKER.php

ANALÍTICS