sexta-feira, dezembro 12, 2014

CICLOS

 


REFLEXÃO: CICLOS

Mirian Lopes


Quero coisas novas. Vou correr riscos, desafios. Aprendi assim, que “As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas!” Cansei de situações que não mudam. Estou em busca de novos horizontes. Isso me dá vida. “Vejam, estou fazendo uma coisa nova! Ela já está surgindo! Vocês não o percebem? Até no deserto vou abrir um caminho e riachos no ermo”(Isaías 43:19). Porque viver aprisionado em coisas velhas? Quero estar com vocês, pessoas vivas que sentem. Descobri o que me emociona e me faz feliz. A vida é feita de ciclos. Para alguns ciclos já deixei minha contribuição, cumpri minha missão, até onde me foi possível. Agora é tempo de novos ciclos. Aprendi muito, principalmente sobre ser uma pessoa humana. Aprendi a ter paciência, a esperar e a lidar com limites, e agora estou numa metamorfose de lagarta à borboleta (risos). É assim... Estou renascendo para algo novo e em paz neste tempo. É preciso aprender a deixar, partir, atravessar a porta e tocar os pés no novo caminho. Podemos ficar triste na partida (só por alguns instantes), porque não é fácil encerrar experiências, quando há admiração e respeito, mas é preciso aceitar, compreender, que para abraçar o novo temos que aprender a deixar coisas, lugares, pessoas, situações, e levar consigo boas recordações de experiências bem vividas. Quando não há mais brilho nos olhos, quando não há mais emoção e as cores vão se desvanecendo, é tempo de repensar e movimentar-se para o novo. É tempo de seguir em frente, pois quando se busca o melhor, o Universo nos presenteia com realizações, com muitas alegrias e com crescimento. E nesta transição algo de maravilhoso se inscreve: é ter a presença de amigos durante o percurso da vida, pois a amizade é um presente que nos faz feliz. Comparo meus amigos como um jardim florido, cada flor com sua beleza e seu perfume incomparável, colorindo minha trajetória. E assim vou seguindo, pois não sei ser outra pessoa...

ANALÍTICS